FILOSOFIA_DE_GAVETA

sábado, 9 de maio de 2009

Mãezinha!






Querida Mãe,


Como é que consegue estar sempre de bom-humor, sempre em paz consigo mesma e com o mundo à sua volta? Como é que consegue ser gentil 24 horas por dia? Como é que consegue estar sempre elegante em qualquer circunstância e revelar essa sua saudável e discreta vaidade, mãe? Sabe, hoje senti a necessidade de dizer o quanto a admiro. O quanto fico feliz em ter uma mãe tão especial e tão preocupada com a felicidade de todos os que a cercam, tão empenhada em proporcionar um ambiente de harmonia e beleza; enfim, um ambiente de felicidade plena. Sei que, em nome desta paz, muitas vezes deixa para trás os seus próprios interesses e, se isso me deixa orgulhoso por perceber que tenho uma mãe tão dedicada, por outro lado fico um pouco triste por saber que a mãe sacrifica o seu próprio acesso a flores, perfumes, objectos de decoração e "otras cositas más" de que tanto gosta! Querida mãe, neste dia especial, receba um beijo muito carinhoso e esta declaração de amor da sua filha.....Josiane



*Atenção:* *Todas as mensagens e textos do 1001 Cartas de Amor são protegidos por direitos autorais e são para uso exclusivo do site. Não poderão ser copiadas e utilizadas para fins comerciais de qualquer natureza.*

2 comentários engavetados

zoiandu disse...

bonita homenagem

Luciana disse...

Muito linda a sua homenagem, Josiane!
Parabéns pelo texto!
Beijos!
Lu

 
BlogBlogs.Com.Br