FILOSOFIA_DE_GAVETA

domingo, 23 de agosto de 2009

Despedida do padre



O Padre no jantar de despedida pelos 25 anos de trabalho ininterrupto à frente de uma paróquia discursa:

- A primeira impressão que tive da paróquia, foi com a primeira confissão que ouvi. A pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos seus pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com a esposa do chefe. Também se dedicava ao tráfico de drogas e havia transmitido uma doença venérea à própria irmã. Fiquei assustadíssimo.
Com o passar do tempo, entretanto, conheci uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé, e desta maneira tenho vivido os 25 anos mais maravilhosos do meu sacerdócio.

Chega o prefeito para entregar o presente da comunidade, prestando a homenagem ao padre. Ele pede desculpas pelo atraso e começa o discurso:

- Nunca vou esquecer do dia em que o padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar.

Silêncio total...

MORAL DA HISTÓRIA: Nunca se atrase!!!

3 comentários engavetados

Principe Encantado disse...

kakakak muito legal estou rindo muito por aqui.
Abraços forte

Pensador Louco disse...

Mas também, se o prefeito não chegasse atrasado seria cusado de matar o padre, hahahahaha

Genial.

Ana Lucia Nicolau disse...

que situação....

 
BlogBlogs.Com.Br