FILOSOFIA_DE_GAVETA

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Viver ou juntar dinheiro?



Por Max Gehringer


Recebi uma mensagem muito interessante de um ouvinte da CBN e peço licença
para lê-la na íntegra, porque ela nem precisa dos meus comentários. Lá vai:

"Prezado Max meu nome é Sérgio, tenho 61 anos, e pertenço a uma geração
azarada. Quando eu era jovem as pessoas diziam em escutar os mais velhos,
que eram mais sábios agora me dizem que tenho de escutar os jovens porque
são mais inteligentes.

Na semana passada eu li numa revista um artigo no qual jovens executivos
davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. E eu aprendi
muita coisa. Aprendi por exemplo, que se eu tivesse simplesmente deixado de
tomar um cafezinho por dia, durante os últimos 40 anos, eu teria economizado
R$ 30.000,00. Se eu tivesse deixado de comer uma pizza por mês teria
economizado R$ 12.000,00 e assim por diante. Impressionado peguei um papel e
comecei a fazer contas, e descobri para minha surpresa que hoje eu poderia
estar milionário.

Bastava eu não ter tomado as caipirinhas que eu tomei, não ter feito muitas
das viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que eu
comprei, e principalmente não ter desperdiçado meu dinheiro, em itens
supérfluos e descartáveis.

Ao concluir os cálculos percebi que hoje eu poderia ter quase R$ 500.000,00
na conta bancária. É claro que eu não tenho este dinheiro. Mas se tivesse
sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?

Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar com itens supérfluos e
descartáveis, comer todas as pizzas que eu quisesse e tomar cafezinhos à
vontade. Por isso acho que me sinto feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro
com prazer e por prazer.

E recomendo aos jovens e brilhantes executivos, que façam a mesma coisa que
eu fiz. Caso contrário eles chegarão aos 61 anos com um monte de dinheiro,
mas sem ter vivido a vida".

No mínimo, para pensar...





 "Não eduque o seu filho para ser rico, eduque o para ser feliz. Assim, ele
saberá o valor das coisas, não o seu preço"


 

5 comentários engavetados

Balaio Variado disse...

É isso aí!
Se alguns concordam ou não.... que bom, pois filosofar é preciso!
Ótimo texto!

Abraços
Balaio Variado

Dilean de Bragança disse...

Minha amadinha!!

Morrendo de saudades dos pequenos momentos que passamos, vim te ler.

Te amo tb por isso!!!
Este texto simplesmente traduz sua sensibilidade, sua verdade, seu caráter que tanto me fizeram te amar desta forma tão evidente.
Sei que todos que tiveram e tiverem o privilégio de conhecer sua alma, te amará assim.

Fique com Deus minha maninha amada.

MEU CARINHO E AFETO SEMPRE.

Bjus meu a vc e aos seus!!


PS.:"... Onde vc estiver não se esqueça de mim..."

Malu disse...

As filosofias de gavetas são as melhores...
Quando precisamos delas basta abrir uma ou outra dessas gavetas e viajar...
Abraços

Xandy Britto disse...

Deixando um beijao!!!! XB

Rabugento disse...

Adorei passear pelo seu blog, vivo a realidade 25hs por dia e preciso muito de conteúdos como este.
Muito obrigado!
André Miranda;
amrabugento.blogspot.com - será uma honra tê-la como seguidora, se lhe for agradável.

 
BlogBlogs.Com.Br